Banner

Você está aqui:Home/Últimas Notícias/Henrique Souza conquista o cinturão peso-galo do New Corpore Extreme
A+ R A-
06 Fev

Henrique Souza conquista o cinturão peso-galo do New Corpore Extreme

  • Escrito por  Primeiro Round
  • Imprimir
  • E-mail
Avalie este item
(0 votos)
Henrique Souza conquista o cinturão peso-galo do New Corpore Extreme Divulgação

O público que lotou, neste sábado (4), o Centro de Lutas New Corpore Fight, em Irajá, no Rio de Janeiro (RJ), não saiu nem um pouco decepcionado com a décima edição do New Corpore Extreme. O evento contou com nocautes espetaculares, finalizações precisas e grandes apresentações em todos os combates do card. Os destaques ficaram por conta das vitórias de Marlon Basílio, Pedro Paulo “PQD”, Marlon “Baiano” Cardoso, Duan Praia, Núbia Nascimento, Rafael Gigante e Aldo Pereira, além do triunfo de Henrique Souza na luta principal, que lhe garantiu o cinturão peso-galo (até 61kg) do NCE.

Recheado de grandes combates, o NCE 10 teve na luta principal o grande apogeu do evento, com a disputa pelo título dos galos entre Henrique Souza e Felipe Melo. Em um primeiro round no qual ambos lutadores conseguiram bons momentos na trocação, Felipe Melo teve uma chance de finalizar a luta em um mata-leão bem defendido pelo “Gladiador” Henrique Souza, que logo após conseguiu um nocaute cinematográfico na transição para a luta em pé. Com o triunfo, Souza garantiu o privilégio de ser o primeiro detentor do cinturão até 61kg da história do New Corpore Extreme.

“Foi uma guerra tremenda para bater o peso, mas meus colegas de time e treinadores não pararam de me motivar e ajudar. Quero dedicar essa vitória à minha família e aos meus amigos, que fizeram um sacrifício grande em vir me prestigiar. E eu prometo voltar ainda melhor para defender esse cinturão”, garantiu Henrique Souza.

Aldo Pereira nocauteia Victor Romero, mas fica sem o cinturão dos leves

No que deveria ser a disputa pelo cinturão dos leves, Aldo Pereira conseguiu um belo nocaute sobre Victor Romero no terceiro round após dominar grande parte da luta. No entanto, por ter pesado dois quilos acima do limite da categoria, Aldo não pôde levar o cinturão para casa.

O lutador da Brothers MMA, que lutou há uma semana no Shooto Brazil 69, atribuiu ao pouco tempo entre as lutas o fato de não ter conseguido bater o peso da categoria.

“Quero agradecer à minha família e aos meus amigos pelo apoio após a derrota no Shooto na semana passada. Peço desculpas por não bater o peso para essa disputa de cinturão, mas o tempo foi curto. Sou um atleta profissional e nunca tive problemas em bater o peso, inclusive já lutei em categorias mais leves sem problemas. Desta vez não consegui, só tive três dias. Vim sem pensar no cinturão, vim pela vitória”, disse Aldo Pereira.

Com final polêmico e confuso, Rafael Gigante vence Romulo Ismael

Em uma luta de pesos-pesados (até 120kg) que prometia estremecer o Centro de Lutas New Corpore Fight, Rafael Gigante vinha dominando Romulo Ismael no chão quando o árbitro interrompeu a luta, no que parecia ser uma tentativa de finalização, e deu a vitória à Gigante. O público ficou um pouco confuso com a interrupção, já que o golpe não parecia estar tão encaixado e não ficou claro se Romulo Ismael tinha batido em desistência. Ismael se desesperou e deixou o cage antes da oficialização do resultado, não concordando com a interrupção da luta.

Sem ter nada com isso e demonstrando total controle durante toda a duração do combate, Rafael Gigante comemorou muito a sua segunda vitória no MMA, no que parece ser o começo de uma grande carreira para o peso-pesado do Team New Corpore.

Núbia Nascimento derrota Bruna Venâncio em confronto eletrizante

Em mais uma prova que o MMA feminino veio para ficar, Bruna Venâncio e Núbia Nascimento fizeram uma das melhores lutas da noite. Com menos dois pontos por ter excedido o limite de peso, Bruna, de apenas 19 anos, buscou bastante a luta nos dois primeiros rounds, demonstrando boa técnica e variedade de golpes. Apesar disso, os golpes mais contundentes eram desferidos por Núbia.

Já no terceiro round, a baiana Núbia aumentou o nível de agressividade e aproveitando a maior força física, partiu para o combate corpo a corpo, em especial utilizando o clinch de muay thai para desferir inúmeras joelhadas que machucaram a jovem lutadora. Resultado final após três rounds intensos, vitória de Núbia Nascimento por decisão unânime dos juízes.

Em duelo de jovens talentos, Duan Praia finaliza Denilson Guedes

Na segunda luta do card principal, o confronto de duas promessas do MMA nacional terminou com a vitória de Duan Praia, de 23 anos, sobre Denilson Guedes, de 18 anos, que fazia sua estreia no MMA. Apesar de estreante, Denilson conseguiu boas posições no começo da luta, mas acabou não sendo páreo para o jogo de chão de Duan, que conseguiu encaixar um mata-leão após ground and pound ainda no primeiro round.

Na luta internacional, vitória brasileira em confronto equilibrado

O mexicano Edgar “El Terry” Chico e o brasileiro Marlon “Baiano” Cardoso protagonizaram uma luta espetacular e extremamente equilibrado. Enquanto o brasileiro demonstrava um ímpeto maior, buscando mais a luta e variando os golpes, o mexicano seguia a risca a estratégia de castigar com chutes baixos, machucando as pernas do brasileiro.

O combate, que poderia ter como vencedor qualquer um dos lutadores, terminou com vitória de Marlon Cardoso por decisão unânime dos juízes.

“Foi a primeira vez que eu lutei no peso-galo. Foi um esforço muito grande para perder o peso, mas estou muito feliz pela vitória. Agora é categoria nova, vida nova. O Marlon 'Baiano' morreu, agora eu sou o Marlon 'Coringa'! Quero avisar aos lutadores dessa categoria que eu cheguei, Marlon 'Coringa' chegou”, declarou Marlon Cardoso.

Pedro Paulo “PQD” volta a vencer Ramon “New Deckers”

No que poderia ser a revanche da luta que aconteceu no XFORCE MMA 4, Pedro Paulo “PQD” venceu novamente Ramon “New Deckers”, e mais uma vez por finalização no primeiro round. Após um rápido momento de trocação franca, “PQD” encaixou uma guilhotina em pé, em um movimento que lembrou a vitória de Jon Jones sobre Lyoto Machida no UFC 140, obrigando “New Deckers” a desistir.

Resultados do New Corpore Extreme 10:

Card Principal

Henrique “Gladiador” Souza venceu Felipe Melo por nocaute no primeiro round
Aldo Pereira venceu Victor Romero por nocaute no terceiro round
Rafael Gigante venceu Romulo Ismael por finalização no primeiro round
Guilherme Cadena venceu Jorge Luiz por finalização no primeiro round
Wellington Azevedo venceu Ronaldo Jacaré por finalização no terceiro round
Núbia Nascimento venceu Bruna Venâncio por decisão unânime dos juízes
Duan Praia venceu Denilson Guedes por finalização no primeiro round
Alef Carlos venceu Anderson Bahia por finalização no primeiro round

Card Preliminar

Thiago “Pitbull” Xavier venceu Wesley Targino “7 Vidas” por decisão unânime dos juízes
Marlon Cardoso venceu Edgar “El Terry” Chico por decisão unânime dos juízes
Pedro Paulo “PQD” venceu Ramon “New Deckers” por finalização no primeiro round
Max Gomes venceu Renato “Vingador” Ferreira por decisão unânime dos juízes
Wilson Bruce venceu Gabriel Amorim por finalização no primeiro round
Carlos Furão venceu Deydivan Madureira por nocaute técnico no terceiro round
Marlon Basílio venceu Rodrigo Kamikaze por nocaute técnico no primeiro round
Lucas Pereira “Alegria” venceu Lucas Fabrício por decisão unânime dos juízes

Comentários

Revista Digital

A Edição 26 da Revista digital da Primeiro Round trás uma matéria especial  com a votação dos melhores do Ano no Paraná. Acompanhe!

Filtrar notícias por data:

« Outubro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Blogs - Primeiro Round

 

 

  


Banner

Publicidade: