Você está aqui:Home/Mostrando itens por tag: Bellator
A+ R A-

Rafael " The Blessed" Carvalho atual campeão dos pesos médios do Bellator MMA, evento que está entre as maiores organizações de lutas mistas do mundo. O curitibano,  conquistou o cinturão vencendo Brandon Halsey, no Bellator 144, em um apresentação impressionante, com um nocaute no 2º round.
 

Defendendo o cinturão da categoria pela primeira vez, Rafael venceu Melvin Manhoef, por pontos e segue com aproveitamento impressionante em sua carreira. Melvin pediu a revanche e Rafael concedeu e teremos Carvalho vs Manhoef 2, com data marcada para dia 10 de dezembro, no Bellator 168, Florença na Itália.
 

Para este desafio a LA Sports, empresa que gerencia sua carreira do brasileiro, montou  camp misto, na AKA a American Kickboxing Academy US,  onde Rafael treinou ao lado de Daniel Cormier, Cain Velasquez e outros grandes nomes do MMA mundial.
 

E para os últimos ajustes a LA Sports e Rafael Carvalho, fecharam uma parceria com uma das equipes brasileira que mais evoluíram, com expressivos resultados, a Evolução Thai, do head coach André Dida.

Segundo o empresário Luiz Alberto, presidente da LA Sports, que não foi medido o esforço para fazer a melhor preparação, para que Carvalho esteja a 100% para esta defesa do cinturão.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Não deu para o filho da lenda. Ryan Couture, filho de Randy, foi finalizado com um minuto de combate pelo curitibano Goiti Yamauchi na edição 162 do Bellator, que aconteceu na última sexta-feira, dia 21 de outubro, em Memphis, nos Estados Unidos.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Nesta sexta-feira, dia 21 de outubro, Goiti Yamauchi encara mais um desafio no Bellator. Será sua oitava apresentação na organização norte-americana. A edição 162 acontece em Memphis, no Tennessee, nos Estados Unidos e seu adversário será o americano Ryan Couture, que é filho da lenda Randy Couture. O curitibano está confiante em mais uma vitória e não dá a mínima para esse parentesco: "Para mim não faz diferença alguma, o pai dele não poderá fazer nada além de ver seu filho sendo derrotado".

Em nova categoria, Yamauchi comenta sobre este novo desafio: "A preparação foi muito boa, devido à subida de peso consegui elevar a intensidade em todos os aspectos e estarei pronto pra mostrar meu melhor. Estou numa nova trajetória agora com o novo peso e terei muita paciência para chegar aonde eu quero, passo a passo, enfrentarei o atleta que eles mandarem".

Aos 23 anos, Goiti possui 19 vitórias e somente três derrotas em seu cartel. Ryan, aos 34, possui 10 vitórias e quatro revés.

Bellator confirma Tito Ortiz x Chael Sonnen para 2017

A segunda maior organização de MMA do planeta confirmou através de suas redes sociais o duelo entre Tito Ortiz e Chael Sonnen para o dia 21 de janeiro em Los Angeles, nos Estados Unidos. Será a primeira vez que Sonnen lutará após sua saída do UFC.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

A equipe SIAM – Sistema Integrado de Artes Marciais - de Santa Catarina, irá reunir as escolas afiliadas no estado para a quinta edição do campeonato interno, que será realizado na cidade de Lauro Muller. 

Cerca de 30 atletas compõem o card do evento, comandados pelo mestre Marco Aurélio Smdit, que acontece neste sábado (24), a partir das 14:30 horas, no CT Kaverão, com entrada franca. 

Três grandes nomes do MMA nacional e internacional já confirmaram presença: Rafael carvalho, duas vezes campeão do cinturão dos pesos médios no Bellator MMA, segunda maior organização de artes marciais dos EUA. Klidson Abreu e Bianca Daimoni, do Jungle Fight, também estarão no evento.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Após sentir a canela no segundo assalto, Patrício "Pitbull" não conseguiu continuar na luta principal do Bellator 160 e Ben Henderson, ex-UFC, venceu e conquistou direito de disputar o cinturão da categoria frente a Michael Chedler na última sexta-feira, dia 26 de agosto.

Veja os resultados:

BELLATOR 160
26 de agosto, Anaheim, EUA

CARD PRINCIPAL

Benson Henderson nocauteou Patricio Pitbull no R2.
Derek Anderson venceu Saad Awad na decisão unânime dos juízes.
Georgi Karakhanyan nocauteou Bubba Jenkins no R1.
A.J. McKee finalizou Cody Walker por finalização no R2.

CARD PRELIMINAR

Joey Davis venceu Keith Cutrone na decisão unânime dos juízes.
Gabriel Green nocauteou Alex Trinidad no R2.
Andy Murad venceu Johnny Cisneros na decisão unânime dos juízes.
Jacob Rosales venceu Mike Segura na decisão unânime dos juízes.
Chinzo Machida nocauteou Mario Navarro no R1.
Jake Roberts nocauteou Stephen Martinez no R1.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Patrício “Pitbull” Freire luta nesta sexta-feira (26) contra Ben Henderson, no combate principal do Bellator 160, no Honda Center, em Anaheim, Califórnia. A luta acontece na categoria dos leves (até 70 quilos), divisão imediatamente acima da que o potiguar foi campeão no passado. Irmão de Patricio, Patricky "Pitbull" Freire analisou a preparação e enfatizou que a constância nos treinamentos, mesmo em período fora de competição, joga a favor do lutador. Patricio foi um dos sparrings na preparação para a última luta de Patricky, então se manteve em forma e em ritmo de luta.

Patricky ressaltou que o tempo foi mais do que suficiente, muito em decorrência de uma característica de Patrício. "Ele nunca para de treinar. A gente tenta impor isso nos treinos da equipe porque uma luta pode ser marcada com pouco tempo e não pega ninguém fora de forma, de surpresa. Isso pode acontecer com qualquer um da academia", disse.

Sobre o desafio na categoria dos leves, Patricky afirmou que não vê nenhuma complicação adicional. "Patrício fez inúmeras lutas na categoria de 70 quilos aqui no Brasil. Isso não é nenhuma novidade e não é nada que ele já não tenha feito", lembrou.

Patrício Pitbull venceu seu mais recente combate contra Henry Corrales, por finalização no segundo round em abril, no mesmo evento que teve como luta principal a disputa de cinturão entre o próprio Benson Henderson e o campeão dos meio-médios, Andrey Koreshkov. Perguntado se o combate serviu de referência para alguma análise, Patricky destacou alguns pontos no jogo do americano. "Naquela luta, ele perdeu os cinco rounds, mas ao mesmo tempo mostrou que tentou surpreender o russo em pé. Ele tem aquele jogo chato agarrado, mas no chão ele dá as pedaladas e em cima busca o single leg como sempre. Fora que ele aguenta muita porrada", observou.

Patricky enfatizou que Henderson não é um finalizador ou nocauteador convicto e que abre brechas para o jogo do irmão. "Se você for reparar o cartel dele, ele deixa muitas lutas nas mãos dos árbitros. Ele tem 11 vitórias por decisão e perdeu três da mesma forma. Isso pode ser um ponto positivo para Patrício, que tem mãos pesadas e um jiu-jitsu muito bom também", pontuou.

Além da preparação física, Patricky lembrou ainda que a parte psicológica coloca Patrício um passo à frente do adversário. "Meu irmão sempre teve a cabeça muito boa tanto na fase de preparação, quanto nos combates. Isso ajuda porque ele é focado e mantém a calma nos momentos difíceis no cage. Mas uma coisa que tem ajudado bastante é o trabalho de coaching que ele vem fazendo com Felipe Lima. Eu consegui muitos resultados bons desde que comecei a fazer a preparação com ele, e com Patrício não foi diferente. Isso motiva ele, ressalta as qualidades e aumenta a confiança na hora da luta e dos treinos também. Poucas pessoas prestam atenção nisso, mas o fortalecimento mental é tão importante quanto o camp para qualquer luta", encerrou.

Toda a preparação de Patricio foi feita em Natal em sua equipe Pitbull Brothers.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

A lutadora campineira Bruna Ellen (2-0) já tem data e local para sua estreia no MMA internacional. A atleta da MuayThai Nikolai Brasil/Team Nogueira Campinas enfrentará a americana Jessica Middleton (0-0) na primeira luta do card principal do Bellator 159, em 22 de julho, em Mulvane, no Kansas, Estados Unidos. O evento terá como luta da noite a disputa entre os pesos-galo Darrion Caldwell e Joe Taimanglo, além da presença do ex-UFC Melvin Guillard.

Bruna assinou um contrato de quatro lutas com a organização americana em fevereiro e desde então iniciou uma forte rotina de aprimoramento técnico e físico, já de olho na estreia. Foram horas dedicadas à prática de muay thai, wrestling e jiu-jitsu nos últimos meses. “Os treinos estão muito intensos, estou preparada, independente do que ela for apresentar. Aqui é tempo ruim toda hora: a gente sofre no treino para chegar lá e dar o melhor de si com facilidade”, disparou a peso-mosca de 20 anos.

A expectativa é que a luta seja marcada pelo jogo em pé, ao menos se analisadas as origens das duas lutadoras. Se Bruna foi multicampeã no sanda (boxe chinês) e tem no muay thai afiado a sua maior arma, Jessica tem como base do seu jogo o kickboxing. Apesar de fazer a sua estreia profissional no evento, a americana acumulou um cartel amador com quatro vitórias e uma derrota em eventos regionais nos EUA.

Promessa

Natural de Campinas, no interior de São Paulo, Bruna Ellen está invicta com duas vitórias na carreira profissional e é tida com umas das promessas do MMA feminino no Brasil. A estreia no esporte aconteceu em em março do ano passado, quando dominou Ellen Torres por três rounds e venceu por decisão unânime. O primeiro nocaute veio em agosto, sobre Pâmela Mara. As duas lutas aconteceram no evento Max Fight e foram suficientes para mostrar a evolução da atleta. Embora seja uma trocadora de origem, venceu após derrubar a última adversária e disparar uma sequência de golpes com a adversária no solo.

Além do talento dentro do cage, Bruna se destaca fora dele. Loira, atlética e vaidosa, ela chamou atenção para o fato assim que subiu no cage em sua primeira luta. Em novembro, foi listada em um top 10 de musas do MMA elaborado por um site especializado, que também incluiu nomes como Ronda Rousey e Page VanZant. Os elogios têm sido encarados com naturalidade e profissionalismo.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

O lutador potiguar Patricky Pitbull vai enfrentar nesta sexta-feira (24) o norte-americano Michael Chandler. O embate será no Scottrade Center, em Saint Louis, Missouri (EUA), às 21 horas (horário de Brasília). A luta é um dos maiores desafios da carreira de Pitbull e vale o cinturão da categoria leve (até 70 quilos).

O combate entre Patricky e Chandler esta noite é tratada como uma revanche. Em 2011, eles se enfrentaram e o norte-americano ficou com a vitória. No entanto, o potiguar garante que está focado para mudar o resultado.

“Desde que fui derrotado por Chandler que venho estudando o jogo dele e sabia que a qualquer momento o Bellator poderia me oferecer essa luta. Estou em um momento perfeito, vindo de uma sequência boa de treinos, em um momento que estou me sentindo muito bem e focado. Eles deixaram essa disputa para uma ocasião muito especial”, disse.

Na reta final da preparação, Patricky se manteve focado e comemorou a possibilidade de conquistar o cinturão no Bellator 157.

“A próxima meta é ser campeão e calar a boca de muita gente que não acredita no meu trabalho. Eu quero ser campeão, vou ser campeão e vou defender o cinturão o máximo possível. Sou outro lutador, mais técnico, versátil e experiente. Com certeza essa luta vai ser bem diferente da primeira”, finalizou.

Patricky vem treinando desde a vitória sobre Edimilson Kevin, no Bellator 152, na Itália. Para o duelo, ele se preparou nos Estados Unidos e também na Academia Pitbull Brothers, em Natal, ao lado do seu irmão Patricky Pitbull, Leandro Higo, Valdines Silva.

 

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Patricky “Pitbull” Freire disputa o título vago peso leve do Bellator MMA nesta sexta, em revanche contra Michael Chandler, que já possuiu o título. O lutador, além de contar com seus companheiros de equipe – que teve a adição recente de Toninho Furia, atleta da mesma categoria no Bellator e que foi um dos sparrings, assim como o irmão Patricio – trouxe o wrestler medalhista de ouro no Panamericano de 2007 Shawn Bunch, que também fez parte da seleção Olímpica dos Estados Unidos duas vezes, e o peso leve com 9 vitórias e 2 derrotas, Rodrigo “Kanu”, para somarem a seus treinos.

“Patricky teve toda a atenção da equipe desde que a luta foi marcada e mostrou uma grande evolução a cada semana que passava. Ele está completamente preparado para a luta em todas as áreas e podem ter certeza que vai ser uma história completamente diferente da última vez. Será o melhor Patricky já visto” disse o irmão Patricio. “Há muito tempo não fazíamos sparrings juntos pois nos tornávamos competitivos demais, mas dessa vez participei ativamente do camp dele como um dos sparrings principais junto a Shawn Bunch, Toninho Furia e Rodrigo Kanu”, concluiu.

Vindo da AKA, o americano Shawn Bunch, apelidado como “o homem mais rápido do mundo” no wrestling, gostou do que viu. “Minha experiência em Natal foi ótima. Eu tive uma ótima experiência aprendendo com a equipe e ajudando Patricky pra sua luta de cinturão. Senti ele forte, explosivo, e não tenho a menor dúvida na minha mente que ele tem o que precisa para conquistar o título mundial do Bellator essa semana. O trabalho duro, determinação e foco dele estão onde precisam estar para concluir o trabalho em St. Louis.”

Rodrigo Kanu veio do Espírito Santo para compor o camp. O atleta já havia treinado com Patricio há alguns anos e deixou boa impressão. Sem atuar desde 2013, Kanu voltou ao cenário do MMA neste ano, vencendo seu combate. Patricky assistiu a luta na internet e quando soube que lutaria com Chandler imediatamente pediu ao irmão para fazer contato.

“Apesar de ter pego a luta de última hora, Patricky surpreendeu muita gente. Cada dia que passava ele treinava melhor. Melhor no gás, na defesa de queda, em tudo. Parece que ele já previa isso. Ele está bem confiante, e eu acredito que ele vai trazer esse título para o Brasil. Chandler não tem as armas que ele tem, Patricky tem kickboxing, tem boxe, faixa preta de jiu jitsu, tá bem de wrestling. Pode lutar em todas as áreas e num nível muito alto. Chandler é muito bom, mas é mais limitado. Ele vai se frustrar ao tentar botar Patricky para baixo. Patricky tem tudo para finalizar essa luta, seja com um nocaute ou no chão.”

Toninho Furia passou a fazer parte da equipe Pitbull Brothers logo após sua última luta no Bellator. Poucos dias depois Patricky recebeu a notícia de que enfrentaria Michael Chandler, e a equipe já de imediato o escalou como um dos sparrings. Sobre a experiência, o lutador se mostrou muito contente e otimista.

“Patricky está muito bem treinado, muito bem assessorado, afiado, e feliz, que é o mais importante. Tem feito treinamentos incríveis. Para mim foi uma honra trabalhar com ele e todos os treinadores nesse camp, além dos demais sparrings. Todos nos entregamos em prol de ver Patricky muito bem no dia da luta. Com certeza Michael Chandler vai ter problemas e a gente vai trazer esse título. As expectativas são as melhores possíveis. Tenho certeza que Patricky vai soltar o pitbull que está dentro dele. Ele mostra uma sede de vitória incrível então podem ter certeza que dia 24 de junho vamos para guerra. Aposto numa luta eletrizante e uma vitória de Patricky antes de chegar nos juízes.”

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Mais de três anos se passaram e o dia do aguardado reencontro entre Dudu Dantas e Marcos "Loro" Galvão chegou. O palco da disputa pelo título peso-galo (61,2kg) será o cage do Bellator 156, que acontece nesta sexta-feira, dia 17 de junho, em Fresno, Califórnia (EUA). Ao contrário da primeira luta entre eles, desta vez, Dudu é o desafiante, e a confiança para a reconquista está na evolução de seu jogo. A FOX Sports transmite o tira-teima entre os brasileiros na madrugada deste sábado, a partir de 0h15 (horário de Brasília).

Dudu Dantas foi campeão da categoria por dois anos, e durante o período defendeu o cinturão contra Loro. Na ocasião, em fevereiro de 2013, o carioca nocauteou seu ex-companheiro de Nova União no segundo round do combate. O episódio, marcante para o jovem então com 24 anos, serviu como um grande aprendizado. Outra experiência que colaborou para a evolução de Dudu Dantas, essa amarga, foi o revés contra Joe Warren, quando perdeu o título, em outubro de 2014. Agora, na chance de reconquistar o cobiçado cinturão do Bellator, chegou a hora de apresentar ao mundo o "novo Dudu Dantas".

"Desde que me tornei campeão do Bellator, muita coisa mudou em minha vida pessoal e profissional. As lutas contra o Loro e o Warren me fizeram crescer, evoluir como lutador. Aprendi a valorizar ainda mais meus pontos fortes e a corrigir meus defeitos, os pontos que eu tinha que evoluir em meu jogo. Hoje sou um lutador mais inteligente, e é isso que fará a diferença nessa nova luta contra o Loro. Sou um novo atleta, melhor do que aquele que o nocauteou em 2013, e todos poderão comprovar isso nesta noite", avisa o desafiante, hoje com 27 anos e com 17 vitórias em 21 lutas profissionais.

Confiante em sua evolução para retomar o título, Dudu Dantas acredita que seu oponente também ampliou seu jogo dentro do cage. Loro tomou o cinturão de Joe Warren em março do ano passado, e se mantém invicto desde a derrota para Dudu. "Nossa primeira luta teve uma carga emocional muito grande, que não fez bem nem para mim e nem para ele. Os anos passaram, hoje ele é o campeão, deve estar com ainda mais vontade de vencer e evoluiu muito como lutador. Será uma grande luta, mas tenho total certeza que terei o meu braço erguido pelo árbitro central".

Desde a conquista de Marcos Loro, o reencontro com Dudu é aguardado. O embate foi confirmado em duas ocasiões, mas cancelado em seguida. No ano passado, o ex-campeão foi forçado a deixar o duelo por conta de uma lesão. Já em fevereiro deste ano, Loro sentiu-se mal a um dia da disputa e adiou a luta. O longo período de espera para, enfim, disputar novamente o cinturão foi angustiante para Dudu. Porém, a angustia foi transformada em motivação para a reconquista.

"Espero por essa oportunidade desde o dia 11 de outubro de 2014, dia seguinte à minha derrota para o Warren. Finalmente chegou o momento, a data de poder colocar todo meu esforço e dedicação na busca pelo título. Não vou deixar passar essa chance. Estou mais motivado do que nunca, louco para entrar no cage e lutar. Aquele cinturão será meu, serei bicampeão do Bellator", encarra Dudu Dantas, confiante.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias
Página 1 de 14